Olhos de Deus




O rapaz tinha grandes planos para conseguir passar de ano.

Convidou um colega e a namorada dele para irem até a sala dos professores, em horário que sabia estar vazia. Já havia sondado onde a professora guardava as cópias das provas. Chegando ao local, pediu ao amigo que fechasse a porta e as cortinas da sala e que ficasse controlando.
Até ali sem saber o motivo da ‘visita”, a garota, cristã, se deu conta do que estava para acontecer. Então pediu:
-Você poderia, por favor, fechar também os olhos de Deus?

Um tanto confusos, os rapazes olharam ao redor por alguns instantes... até que entenderam. E deixaram de lado seus grandes planos. Compreenderam que até é possivel fazer coisas secretamente, longe do olhar humano, mas nunca algo que não seja claramente visível aos olhos de Deus.

É uma lembrança que pode somente acusar. Deus vê e sabe de todos os nossos planos, intenções, vontades e atos. Sejam os que envolvem fofoca, cobiça, “grandes planos”, omissão e tudo o mais. Tudo.

Mas é também a lembrança que pode sempre nos animar. Se nada escapa ao Seu olhar, temos a certeza de seu cuidado. Deus conhece nossas tentações e oferece livramento. Sabe de nossas fraquezas e nos estende força. Conhece nossas necessidades e está pronto para nos dar suporte e amor. Em tudo sempre temos mais. Tudo.

Pois Ele tem planos para nossa vida. Não apenas de salvação, levado até o fim por Seu Filho, mas também o plano diretivo para toda a vida. Em qualquer situação, quando a fé está presente no coração, podemos afastar o medo e convidar a alegria para fazer parte de nossa vida sob os olhos do Pai.

E, para nossa felicidade e segurança, nada, nem ninguém, pode fechá-los.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida