medir e Mudar


Se você fosse abrir um negócio próprio, que produto escolheria?

Talvez calçados, afinal todo mundo usa. Ou alimentação, pois igualmente todo mundo precisa comer. Quem sabe um produto diferenciado, um ‘nicho de mercado’, algo que só você tem ou que tem um toque exclusivo de sua autoria.

Muitas são as opções que poderiam ser consultadas. Mas eu tenho uma sugestão infalível. Um produto que tem venda certa e atinge uma grande clientela. Não tem muito custo de produção e sempre traz algum tipo de lucro para quem vende.

Se você quer um produto de venda certa, aconselho você a vender medo.

Um negócio próprio deste produto não tem erro. Sempre há gente disposta a comprar. Sempre se consegue tocar as pessoas. E se tiver um jeito todo especial de fazê-lo, então, não só terá muitos clientes como talvez até seja convidado para ser chefe de seção ou colunista de jornal.

É muito fácil vender medo, especialmente em tempos como este. As pessoas acreditam. As pessoas se impressionam. As pessoas se deixam tocar. O lucro pode não ser financeiro, mas o capital pessoal e social é incalculável, já que ao vender noticias ruins sempre tem a chance acertar alguma. De cada 10 tiros de previsão apocalíptica, em pelo menos uns 3 ou 4 se consegue acertar a cabeça da besta. O que vai torná-lo conhecido, requisitado e respeitado..

A forma de medir o medo e de mudá-lo está no que Jesus Cristo estende – não vende- ao nosso coração. Segurança e fé. O medo pode ser grande, mas ele muda a medida diante do Amor. Em Deus temos confiança e coragem para olharmos pra frente sem medo de ficar pra trás. Pois nosso futuro se prevê com o passado: Ele jamais falhou. Portanto não precisamos temer. Não será diferente hoje nem amanhã.

Talvez você não consiga muito espaço no mercado ao ser portador deste produto. O medo tem um marketing violento, ocupando muitos espaços. Mas conseguirá sempre ter espaço no coração para viver a segurança do Seu amor. E, ao viver, certamente atrairá pessoas que, vendo que é possível mudar o medo, também vão comprar muito desta coragem de quem está seguro em Sua mão.

Comprar, entretanto, sem precisar pagar nada. Podem colocar na conta, porque Ele já pagou.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça