Diálogo

Outro dia encontrei a seguinte frase na internet: “Um é pouco, dois é bom, seis é demais”. Achei interessante não só ela como também o que estava logo abaixo:

“Oliver Wendell Holmes, célebre jurista, disse que quando duas pessoas estão conversando, há, a rigor, seis "pessoas" envolvidas:
1. Você, como eu penso que você é.
2. Eu, como você pensa que eu sou.
3. Você, como você pensa que é.
4. Eu, como eu penso que sou.
5. Você, como realmente você é.
6. Eu, como realmente eu sou.”

Nossa! Quanta gente envolvida num diálogo a dois!

As “pessoas” descritas nos pontos 1 a 4 eu diria que são os pré-julgamentos, pré-conceitos. Eu julgando o próximo ou o próximo me julgando. Em resumo, não se resolve nada. É um diálogo de aparências.

As duas últimas é que tem maior chance de conduzir um diálogo verdadeiro: “5. Você, como realmente você é”. “6.“Eu, como realmente eu sou”. Que bom se fosse sempre assim. Não gastaríamos tanto tempo com rodeios.

O ideal na verdade, é sempre um diálogo a três. Sim, um diálogo a três: Eu, Deus, próximo. Próximo, Deus, eu. Inserir Deus na conversa como mediador e orientador. Colocar Deus no diálogo pode ser orar pelo meu semelhante; orar por mim para ser verdadeiro na conversa. Colocar Deus no diálogo pode ser levar em conta os seus ensinamentos e usar estes princípios em nosso agir. Veja só o que Deus diz para pessoas que estão por desenvolver um diálogo:
Perdoe as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores...
É preciso renascer, recomeçar, uma nova chance...
Nós amamos porque Deus nos amou primeiro...
E ainda, conforme o autor bíblico Tiago: “Esteja pronto para ouvir, mas demore para falar e ficar com raiva.”

Colocar Deus no diálogo é relembrar para mim mesmo e para o meu semelhante de que Jesus insere amor e compreensão na vida dos dois que estão conversando, conversaram ou vão dialogar.

Um é pouco, dois é bom, seis é demais.
Um é pouco, dois é bom, três é o ideal!

Eu, Deus e o próximo.
O próximo, Deus e eu.




Texto do Pastor Marco Antônio Jacobsen
Celsp - Capela da Ulbra, Canoas, RS
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida