Central

Fonte da imagem

As centrais de atendimento via telefone receberam novas regras. E, aparentemente, parece que a coisa melhorou um pouco para o nosso lado. Por exemplo, a ligação só poderá ser transferida apenas uma vez, e não poderá ultrapassar 1 minuto. O consumidor não precisará digitar e repetir dados pessoais e seu problema para cada novo atendente que o pega. E vai ter a opção de ser atendido por uma pessoa, e não apenas menus automáticos.

Você lembra como era antes, não? Uma série de intermediações, burocracias, esperas, ‘vou-estar-transferindo’ e ‘não-vamos-poder-estar-efetuando’, que em alguns dos casos lembrava mais uma ‘central do sofrimento’.
Mesmo com muita fé, o final nunca era previsível

Quem inventou o jeito mais direto de atender o ser humano não foi um ministro que sofreu para tentar cancelar uma linha, nem um órgão de defesa do consumidor. O próprio Criador providenciou um acesso rápido e direto para todo aquele que quer desfazer, apagar, cancelar aquilo que não está bom. Pois Nele, ‘atendimento humano’ ganha seu sentido completo. Claro que, neste caso, o problema está conosco, usuários, que nem sempre fazemos bom uso dos aparelhos que Ele coloca a disposição. Mas em Jesus Cristo, Deus tem permanentemente aberta sua Central de arrependimento, através da qual cancelamos tudo o que está de errado, somos prontamente atendidos em fé e novamente renovados em nossa força.

Porque neste mesmo número funciona também a Central de Fortalecimento. O lugar certo para acessar quando o coração está cansado, o ânimo está abatido, a alma precisa de atendimento pessoal. Pois este é um diferencial que só Ele tem. Se você ligar para a Microsoft, não vai ser atendido pelo Bill Gates. Se tentar contato com a Dreamworks, dificilmente Spielberg em pessoa falará com você. Se ligar para o Palácio do Planalto, as chances de o próprio presidente lhe dar um ‘oi’ são remotas. Mas se você ligar para o Céu será atendido pelo próprio Deus. Diretamente, sem intermediários. Você não vai precisar estar acessando outro setor, outra pessoa, com os documentos, cópia do contrato e numero de seguridade social em mãos. O atendimento é direto e dedicado.

Ou seja, não vai-estar-sendo. Já estará conectado à Central de onde parte tudo de que nossa vida mais precisa.


(de uma idéia da
leitora Dâmaris Feld
Curitiba, PR)


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça