segunda-feira, maio 12, 2008

Referência

Saímos para fazer compras ontem, depois das 18h, e nenhum supermercado estava aberto. Fiquei surpresíssimo. Nem em datas como Páscoa e Dia do Trabalho estes estabelecimentos deixam de abrir. Aposto que no dos Pais não vão parar. Mas no dia das mães, nenhum lugar para estacionar.
Uma atitude de respeito para com o dia, suponho.

Seria, então, a mãe a última referência de segurança e valor para uma sociedade cada vez mais com cada vez menos conteúdo real?
Postar um comentário