Aprovado

Está derrubada pelo STF a ação de Inconstitucionalidade contra a Lei de Biossegurança. As pesquisas com embriões poderão seguir seu curso.

Alguém dirá, 'faltou escrever congelados e não viáveis, após embriões". Até faltou.

Mas a decisão do Supremo tem alcance maior. Embriões, até determinado estágio de evolução, segundo este parecer, não são pessoas, nem vida humana. São só embriões. Portanto, podem ser utilizados para pesquisa. Ou, como qualquer outra célula do corpo, podem ser descartados, quando não se tem mais uso para eles.

Aborto é o ato de interromper a vida de um embrião humano, no estágio em que ele estiver.

Os próximos passos deste caminho começam a ficar cada vez mais claros.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração