Ponte Nova

Estava mais para ‘muito velho’, segundo especialistas, mas mesmo assim o estádio da Fonte Nova, em Salvador, seguiu sendo utilizado. Acabou em tragédia, domingo passado. O desabamento de um degrau da arquibancada matou sete pessoas. Depois do estrago – mas principalmente, da repercussão – o governo local anuncia que decidiu implodir do estádio e construir outro, que ‘seja digno’.

A Fonte Nova, onde cabem 60 mil pessoas, será colocada abalo. E isso por causa de um buraco até pequeno, se comparado com o tamanho do estádio. O problema é que as conseqüências foram muito ruins. Terríveis. Uma pequena abertura... e um grande monumento vê seu fim.

Isso acontece o tempo todo longo da História.com grandes líderes, também. Muitas grandes trajetórias de vida tiveram grandes derrotas pela falta de atenção com detalhes, que levaram a buracos; que levaram a tragédias; que levaram à implosão.

Isso pode acontecer também com a nossa trajetória. Alguns danos que pemitimos permanecer em nossas vidas mais dia menos dia podem nos levar à tragédia. Não dá pra ignorar. Aceitar a pequena ‘gorjeta’ por fora. Concordar com ‘jeitos não convencionais’ de soluções. Achar que não tem problema faltar com gentileza e humildade em pequenas doses. Conviver pacificamente, sem ao menos reagir, contra pequenos e inofensivos maus desejos.
Nestes casos, pode não demorar o dia de colocar a dinamite e a hora de detonar a implosão.

Só que Deus não quer isso. De jeito nenhum. Se com a Fonte Nova o caminho é sem volta – deu problema, fim da linha –, em Deus a Fonte sempre se renova. Há sempre uma ponte nova, pronta para nos levar de volta aos Seus braços. Novo começo. Fonte de conserto para o coração e uma nova chance de os buracos serem preenchidos de paz e nova força. E mais, avisos preventivos, para não precisarmos deixar chegar a este ponto. Mudar de trilho antes que o fim da linha se agigante

Talvez você esteja perto da implosão, neste momento. Pode até mesmo já estar recolhendo os pedaços de uma. Para você também – para todos nós – existe esta ponte nova que nos leva de volta à Fonte, sempre nova, de amor e cuidado de Jesus Cristo por nós. Reconstruir com Ele aponta a certeza de uma explosão de fé e nova maneira de viver.

Para bem mais que sessenta mil pessoas
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida