Ferramenta


Um dos aspectos bonitos do nosso campus aqui em Canoas é o gramado. Sempre bem cuidado, aparado, recebe atenção constante dos encarregados dele. Isso porque o principal instrumento utilizado para isso é a foice. Com ela, aparar e cuidar da grama se torna uma tarefa tranqüila.

Claro, você não acreditou nessa. Se a Márcia e sua equipe do paisagismo tentassem o método foice, é quase certo que não teriam sucesso. Cuidar do gramado sem a ferramenta adequada equivale a fazer carinho com luva de boxe. Complica muito.

As pessoas em nossa vida, como a grama, precisam de atenção e cuidado. Mas precisam também do jeito certo. Da ferramenta adequada. Porque, de outra forma, podemos mais estragar do que cuidar.

E para descobrir essa ferramenta?... Bom, se cuidar da grama já não é fácil, cuidar de pessoas, muito menos. É tarefa que exige paciência. E vontade. Tai um bom começo. Agir em silêncio também, apenas emitindo nossos próprios conceitos, mas também entendendo o ponto de vista de quem fala. Em boa parte das vezes, quando procuramos compreender o outro, a própria pessoa nos dá a dica de qual 'ferramenta' que melhor se aplica à situação dela.

Deus nos compreende, nos cuida diariamente do jeito certo, pela fé. Ele é o dono das ferramentas. A vida de Cristo foi ceifada na cruz para que nossa ficasse cheia de possibilidades, maneiras e jeitos de exercer um melhor cuidado pelo outro.
E uma das coisas que descobrimos é que, como a grama, que precisa de tempo para crescer, também não podemos ser tão velozes com o próximo. Ser rápido não é tão bom quanto ser preciso.
Em muitos casos, a melhor ferramenta são nossos dois ouvidos. Muitos mesmo. Faça o teste.
Especialmente com as pessoas que amamos. São elas que às vezes mais nos presenciam vestir luvas de boxe para manusear a foice.

Em nossos relacionamentos diários, procurar a ferramenta certa, vestindo amor e compreensão, pode não dar certo sempre, e nem todas as vezes deixar a grama sempre verde.
Mas vai mostrar, sem dúvida, um coração sempre fértil.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida