Alertas

Às vezes ignoramos alguns avisos na vida e acabamos tendo problemas.
Pode ser o aviso do tanque de combustível, e ficamos na estrada.
Pode ser o aviso da mãe para levar um casaco, e acabamos resfriados.
Pode ser o aviso de um amigo para não nos metermos com determinada pessoas, e quando vemos, já estamos enrolados.
Ou pode ser pior.


Rosinei Ferrari ignorou sete quilômetros de avisos ao longo da BR-282 em Santa Catarina. (Dia desses falamos sobre aqueles que transformam o acostamento em pista). Este camioneiro, por algum motivo, transformou em sua a pista da contramão. Serra abaixo.

Sete quilômetros adiante, descobriu - tarde demais - o motivo de tantos alertas. Um acidente ocorrera, e dezenas de pessoas trabalhavam no resgate e na cobertura dele, além dos curiosos. Provavelmente acima de cem por hora, jogou boliche com todo mundo. Levou tudo o que tinha pela frente. Carros, caminhões de bombeiros, ambulâncias e, principalmente, pessoas.
Pode ter sido falha mecânica. Tudo bem. Mas, olha, é impressionante, não foram 100m de distância. Foram sete quilômetros.

Parece mais é que tudo aconteceu porque ele ignorou os avisos."Não vai dar nada", se ouve regularmente diante de alertas e pedidos de cautela. A velocidade não é reduzida. Aí infelizmente, em alguns casos, dá tudo. Tudo errado. Tudo trágico. Tudo pior.


Quando Jesus Cristo nos previne a darmos ouvidos à Palavra de Deus, com seus princípios de fé e de vida que orientam nossas decisões, não está querendo acabar com a graça da vida, como alguns pensam. Ele está dando vida de graça, conselhos de graça, orientações e alertas que se mostram muito úteis. Em todos os momentos. Para que nossas decisões com aqueles que nos cercam não se tornem caminhões desgovernados, causando grandes estragos por pequenas (ou grandes...) atitudes impensadas, atingindo o próximo por seguirmos somente nossa própria sabedoria.
Diante de avisos evidentes, é muito melhor deixarmos de lado o "não vai dar nada" e confiarmos com tudo na orientação de Quem conhece o caminho.

A estrada é longa. Os perigos são muitos. Os acidentes, imprevistos. Por isso, os alertas Dele são constantes. Porque Deus nos quer seguros, protegendo a nossa vida e o nosso coração.

Coração que, iluminado por este amor, serve também de alerta e auxílio a quem está pensando ou já decidiu errado, precisando de uma luz na escuridão.




Reportagem e link para infográfico do jornal Zero Hora

Matéria da RBS TV sobre o acidente
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração