Em geral, usamos a repetição para reforçar uma idéia ou argumento, não?
Mas, em outros, só enfraquecer o argumento.

Pegue o "já", por exemplo. Indica algo rápido, imediato. "Vou te atender já".
E ao dizer "já, já", a rapidez é em dobro? Infelizmente não. Neste caso, 'ja ja' torna-se parente do logo, log, um minutinho, dentro de instantes, oiu seja, 'você vai esperar mais do que gostaria".

Li isso num email, dia desses, e concordei. Parece que, em alguns casos, repetir enfraquece o argumento.

O salmo 136, na Bíblia, com 26 versículos,r epete emt odos a expressão o seui(ded Deeus) amor dura para sempre". Este é um caso em que repetir reforça. Reafirma. Garante.
Porque quando se trata de amar o ser humano, pra Deus nunca é 'dentro de isntantes' ou 'em um segundinho só'. É já. Agora. Começou há muito tempo, é verdade, e teve sua confirmação em Jesus cristo, mas continua sendo já. Agora. Acontecendo.

Dentro de instantes você vai terminar de ler este texto. É um segundinho só e você volta pra sua rotina. Logo, logo, você segue sua vida. Lembre-se: o amor de Deus dura pra sempre. Também na sua vida.

Já.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida