sem troca

O Toque de Vida faz um convite a você hoje: que tal trocar de time? Escolher outra cor, outro estilo. Quem sabe outro tem títulos que o atual não tem. Pode ser bem melhor.
Você é gremista, passa a ser colorado. É do Inter, passa a torcer pro Grêmio. Palmeirense virando corinthiano. Vascaíno torcendo pro rubro-negro. Atleticano vibrando com o Coxa. Torcedor do Galo virando cruzeirense.
E vice-versa para todos.

Não? nem pensar?
Foi o que imaginei. Trocar de time, ninguém ou quase ninguém troca. Há quem até mata (e morre) por eles.

Mas e que tal:
_Trocar de família
_Trocar de esposa
_trocar de partido político
_Trocar de opinião
_Trocar de fé
?
Pode não ser o seu caso, mas é o de muitos. Fazer trocas nestes itens, não é tão difícil assim.É triste, mas é real. Batalham pelo secundário, mas rapidamente abrem mão essencial. Seguram com força a bola e chutam pra longe o gramado.

E não é invenção minha. Basta conferir a média de duração de casamentos, (na Europa, 4,5 anos), número de divórcios, casos de traição, trocas de partido, de religião... Opiniões e convicções firmes como um prego em purê de batatas.

Dá pra ser diferente, sim. Quer dizer, igual. Quando o que é essencial está bem estabelecido em nossa vida, se torna mesmo o número um. Quando realmente estamos convictos do que é importante, conseguimos, na prática, fazer ser o que é. E as chances de trocas erradas diminuem. Neste ponto, Jesus Cristo é referência. Foi tolerante com muitas coisas, idéias e pessoas. Mas jamais abriu mão do fundamental. E agiu em amor pelo ser humano.

Tudo bem, não precisa trocar de time. Nem abrir mão das coisas secundárias da vida. Mas lute sempre para não trocar nem misturar as mais importantes. É somente jogando com elas que você tem chance de realmente viver feliz. .
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração