Junto

"Uma noite, enquanto meu filho mais novo dormia, uma tempestade começou. Apos um trovão muito forte, eu o ouvi acordar e então fui até se quarto para confortá-lo. Ele me pediu então para que ficasse com ele até que conseguisse dormir de novo.

Quando voltei para meu quarto é que me dei conta de uma coisa: ele não me pediu para fazer a tempestade passar. Apenas pediu que eu ficasse com ele."

Talvez não seja o caso de você pedir a Deus que acabe com a tempestade. Mas sim que Ele esteja junto, ajudando a enfrentá-la com mais serenidade e força.

Não ore pedindo cargas mais leves. Peça ombros mais fortes.

"Bendito seja Deus, que nos conforta em toda dificuldade, para sermos capazes de confortar e auxiliar os que têm as mesmas dificuldades que nós, com o mesmo conforto que Ele nos dá".

(Livro bíblico de 2 Coríntios 1.3-4).

Fonte da ilustração.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração