Todo tempo

Imagine seu filho declarando, "mãe, pai, não vou poder mais ter tempo pra vocês".
Imagine seu chefe comunicando, "lamento, não tive tempo de ver sua promoção. Fica pro ano que vem."
Imagine seu amigo não ter tempo quando você liga num momento de grande tristeza.
Imagine o médico sem tempo num momento de emergência.

Imagine Deus, amanhã de manhã, dando o recado, "olha, me desculpe aí, mas hoje não vou ter tempo pra você. Boa sorte".

É meio ruim, não?...

Agora, imagine quantas vezes você já disse, só este mês ou esta semana, "desculpe, não tenho tempo". Tenho certeza que muitas delas foram verdadeiras, precisas, mas.... todas precisavam ser assim?
E, principalmente, para quais delas você negou minutos? Uma coisa é dizer para um operador de telemarketing no meio de uma reunião ou para um compromisso secundário que rouba tempo da família. Outra coisa é dizer para o filho que precisa, o cônjuge que gosta, o amigo que procura, o amor da sua vida. E bem diferente do que dizer pra Deus - porque ao dizer para ele, dizemos para o fundamental.

De todas as situações listadas acima, a única que NUNCA acontece é a que se refere ao nosso Pai. Não existe possibilidade mesmo de Ele dizer "eu não tenho tempo". Se Ele teve amor para dar a vida de seu próprio Filho, se Ele teve paciência com nossos erros, se ele teve cuidado com a nossa proteção até aqui... tempo é o que mais Ele vai ter. Imagine, então, viver orientado diariamente por Ele, o dono do tempo. Olhando para o que é mais importante com o tempo nas mãos.

Imagine não, porque isso você pode viver sempre, hoje, agora.
O tempo todo.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça