Bush não errou

Fonte da imagem e da notícia.


Apesar de a imprensa noticiar amplamente que Bush cometeu uma gafe diante do Papa, desta vez os jornalistas se enganaram. O presidente americano chamou o Papa de "Senhor", e não de "Sua Santidade". Entretanto, Bush é chefe de Estado como Ratzinger, e professa a fé metodista. Se nem os católicos consideram alguém santo sem o longo processo de canonização, porque um governante de país e fé diferente deveria fazê=lo?


Aproveite e leia aqui este ótimo artigo do Advogado Éber Bundchen, "Desta vez Bush não errou", e saiba porque você e eu também não precisamos usar "Sua Santidade".
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida