Papa

Não sei se você é católico ou não, mas a chegada do papa Bento XVI no Brasil afeta um pouco a quase todos. Parece Copa do Mundo, é um só assunto dominando todo o tipo de publicação falada, escrita, visualizada.

O Papa tem representado um papel interessante no mundo moderno. Quando a maioria das vozes discursa junto com o relativismo - quase tudo pode, depende do ponto de vista de cada um -, ele tem sido firme em algumas posições.

De várias delas eu discordo, é certo, como, por exemplo, canonizar uma pessoa. Aliás, até do fato de existir um papa a quem seja atribuído poderes quase divinos eu uso o meu direito de discordar, respeitando quem crê de outra maneira.

Mas um grande benefício que, em minha opinião, Joseph Ratzinger traz para o mundo de hoje, pela posição que ocupa, é o de ser uma voz firme - e ouvida em todo o planeta - defendendo valores que, se dependermos de determinados setores da sociedade, já estão na unção dos enfermos. Sua posição em favor da vida na questão do aborto é um exemplo disso.

Em todos os casos, num país de 3/4 de católicos, todo esse agito até se justifica. E se gerar mais espaço de qualidade para comentar e debater a fé cristã, tanto as convergências como as diferenças, melhor ainda.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida