Descanse

Fonte da imagem

Ontem escrevi o Toque de Vida, enviei pra você e depois fui pra casa. Nem na consulta do ortopedista que tinha marcado conseguir ir. Não que estivesse, assim, bem mal. Mas era um início de gripe, sem dúvida, com uma dor de cabeça, chatinha e constante, que eu já conheço de outras datas. Indica um início de estresse físico.

Minha escolha, então, foi tomar um remédio e deitar. Descansar. Precisava mesmo ‘aliviar a cabeça’. E deu certo. De noite já estava bem melhor, consegui ir à aula. E hoje de manhã consegui terminar com a dor. Já estou diferente.

Esta situação me lembrou Jesus dizendo: "venham a mim...e eu darei descanso a vocês” . Tem horas que não adianta forçar. O que adianta é descansar. Há momentos em que não dá pra lutar. É melhor recarregar a energia. Como naquela famosa história do lenhador, quando o machado está sem fio, o que resolve é afiar, não fazer ainda mais força.

É difícil, pois o sentimento de culpa pode predominar.
"Onde é que já se viu, ir pra casa no meio da tarde? isso é coisa de quem não gosta de trabalhar".
“Mas já se entregando assim? Você não é um lutador?”
"Não, não te deixe abater, lute sempre. Você não deve parar. Siga em frente, para o alto ".

Só que, em alguma situações, seguir para o alto sem tomar os cuidados devidos pode trazer sérios problemas. Quem tenta escalar o Everest que o diga. Seja o nome que demos, refúgio, descanso, desânimo, dar um tempo, acontecem. E têm sua importância. Renovam, curam, recuperam. Na pior das hipóteses, fazem pensar. Quando o sono e o cansaço chegam - e eles chegam -, a atitude mais interessante sempre é dormir.

O descanso para a alma que temos em Jesus e bem assim. Acolhe e aconselha. Anima e alimenta. E principalmente sussurra em nosso ouvido: "Meu filho, deixe de bancar o super-homem. A vida não é só sucesso e alegria, não. Tropeço e cansaço também acontecem. Descanse. Não se cobre demais. Se entregue - em meus braços. Deixe que meu amor cubra o teu coração"

Sua alma está precisando? Não hesite - durma. Descanse. Repense. Posso garantir, os braços do Pai são o melhor colchão do mundo.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração