Contratura

Voltando do estádio da Ulbra ontem à noite, onde a Universidade venceu o Veranópolis, surgiu o post de hoje. Dois alunos da Educação Física conversavam sobre matéria de aula, e um deles perguntou:
-E aí, meu, o que é contratura?
-Contratura é a resistência prolongada ao relaxamento - informou o outro.

Contratura é também o que se forma em nosso coração com nossa recusa prolongada em relaxá-lo. Não queremos esquecer a palavra errada que o outro disse, não vamos desculpar a bola fora do colega. Não conseguimos deixar passar a mágoa, nos recusamos a olhar diferente. Negamos a possibilidade de acordo. Resistimos.

Dá pra imaginar quantas contraturas se formam no músculo cardíaco, quer dizer, na fé que vai no coração? Dá pra imaginar a dor desnecessária carregada por dias ou semanas?

Mas dá pra imaginar também alívio para essa resistência. A fé que cobre multidão de erros, diz a Bíblia, o amor que abraça e recomeça, o perdão que alivia. Tudo isso é massagem para o coração, é nova vida para a alma. Tudo isso é presente de um Massagista, Deus, que não cobra consulta e trabalha 24 horas, se é o que você precisa para relaxar. Para aliviar os pesados fardos que só fazem cansar.

Resistência vencida, contratura sanada. Nem precisa contratar. Ele trabalha por amor à camiseta. A sua.



PS: Nâo sei se a definição que ouvi do rapaz é a mais correta, se algum dos estimados leitores quiser melhorar ou ampliar, é só enviar pra cá. Mas não deu pra deixar passar como ilustração.
8 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida