Ouvir


Ouvir e não praticar, é na verdade, não ouvir.

Concorda?

Cito um exemplo pessoal.
Há pelo menos uns três anos que falava, "tenho que emagrecer". Por estes dias, fazem uns 4 meses que comecei, de fato, a perda. Já são 10 quilos, de 103, passei a 93 (a meta é 90). Eu falava que queria e que era importante emagrecer. Mas só agora me ouvi de verdade.

Quando a Bìblia fala sobre isso, afirma: "tornem-se praticantes da Palavra, e não somente ouvintes". Porque quem ouve e não pratica, nem mesmo ouviu. Caso contrário, faria. Parece logico?

É como quando sua mãe dizia: "desligue a TV e faça a lição de casa, está me ouvindo?"
A gente fazia um "uhum" mas, cinco minutos depois, a TV continuava ligada.
Não, a gente não estava ouvindo.

Ouvir de verdade o que Deus tem a nos dizer torna a prática menos difícil. A vida menos complicada. Elimina o peso dos "tem ques", deixando muitos e elegantes "vou fazer".

É por isso que termino este post para seguir fazendo o que me falta. Faz tempo que falo pra mim mesmo sobre a importância de trabalhar por antecipação.
Está na hora de me ouvir de verdade.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça