Chuva



Chuva pode significar bênção ou maldição. Quer dizer, depende da hora, pode trazer alegria ou incomodação. É o caso de alagamentos e enchentes. Ou de auxílio para a lavoura em épocas de seca. Problema na hora de descer do carro todo arrumado. Solução em dias de muito calor.

Tudo o que a chuva causa, deve à união de suas partes. A gotas são seres minúsculos, mas juntas, são capazes de influenciar o mundo inteiro.

Até a natureza dá provas de que unir-se é o caminho mais certo para grandes feitos. Claro, há os que se unempara cavar túneis, desviar dinheiro, prejudicar pessoas. Mas o princípio permanece. Ninguém de nós sozinho pode tanto quanto todos nós juntos.

E todos nós juntos, mas sozinhos, não podemos tanto quanto unidos ao amor de Deus.
Aí é até covardia.
(inspirado na mensagem do Samuel Fuhrmann, estudante de Teologia da Ulbra, no 7 minutos de hoje, na Capela)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça