Diariamente

Quase sete e meia da noite e lá fora a Ulbra ferve de gente começando a aula, quase chegando, ou esperando um pouco mais para entrar. E eu daqui a pouco também. Depois de um dia cheio de "grava em Porto Alegre" pra lá, " volta pra encontros e reuniões" pra cá, aula de Radiojornalismo I, com o Professor Ferrareto. Antes, uma reflexão de abertura na reunião de pais de calouros, no prédio seis.

Às vezes a gente quase cansa da pressa, que vai de manhã até de noite, não?
Mas o bom é enquanto sobram atividades. Pior será quando elas pararem.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça