Ônibus


Para muitos é rotina diária, mas para mim, depois de muito tempo, fiz um longo itinerário de ônibus novamente, Canoas-Novo Hamburgo (uns 30 km), no popular "centralão".

Passei por trechos que, em outros tempos, percorria diariamente, e lembrei de situações da época. Uma das surpresas foi o preço da passagem. Achei que pagaria uns 5 ou 7 reais, mas paguei 2,15, que creio ser o da tarifa máxima. Para ser ter uma ídéia, de casa até o centro de Canoas - talvez uns 2km -, se paga quase 2,00.

Para andar de ônibus, não é necessário conhecer todas as paradas, nem se preocupar com todas as entradas ou curvas certas da estrada. Para isso, há um motorista treinado e conhecedor do caminho, em quem se pode confiar que fará o necessário para chegar ao destino. Se alguém não tem essa convicção, tem uma viagem no mínimo angustiante.

Andar com Cristo é ter esta mesma certeza. Viagem tranquila, com um conhecedor do caminho e chegada no lugar certo. Com uma passagem que não é baratinha, não.

É de graça.
3 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça