Olhos, ouvidos, mãos, pés

Frequentemente Deus é descrito como um ser impessoal, uma energia, praticamente algo abstrato e, desta forma, um tanto vago e distante.

Para a Bíblia, a descrição é diferente. Deus é alguém que tem ouvidos, quando ouve o lamento dos necessitados. Tem olhos, quando vê com compaixão o ser humano e envia seu Filho. Tem mãos, nas quais está o cajado que nos conduz pelo vale da sombra da morte. Tem pés, para caminhar ao lado daquele que crê.

Deus é um ser pessoal, e pessoalmente presente na vida humana. A fé é uma espécie de materializador desta verdade. Por meio dela, Deus deixa de estar perdido em algum canto do céu ou do espaço para ter lugar certo no coração e presença certa na vida, para ouvir, olhar, caminhar, abraçar.


Nada mais concreto e pessoal.

***************

Como é Deus na sua imaginação?
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida