Gravidade



Um russo, um americano e um brasileiro...
Parece começo de piada, não? Mas é o começo do relato da viagem espacial na qual participa o primeiro astronatua brasileiro, Márcio Pontes, de Bauru, SP. A foto é do site da NASA.

Uma das partes mais difíceis de uma viagem como esta é vencer a força da gravidade, para entrar em órbita. O foguete gasta toneladas de combustível, talvez mais neste início do que no resto da viagem.

Vencer maus hábitos dá trabalho, também. Eles nos puxam com força para manter tudo como está. Por isso Deus gasta toneladas de combustível do Seu amor para, em fé, nos ajudar a vencer a gravidade e voarmos mais alto, perto de Seus olhos, perto de Suas mãos .

Mas não para vivermos em órbita, longe do mundo. E sim, para voltarmos à terra, como o Tenente-Coronel Márcio voltará em abril, e vivermos a fé ativa no amor. Não apenas com americanos, com russos, com brasileros. Com todos.


*************

Diga aí um tipo de hábito não tão bom que você considera difícil uma pessoa mudar.
5 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração